Vidro para restauração

Produzidos com precisão histórica pelo método de Fourcault, os vidros para restauração SCHOTT são perfeitamente adequados para construções do século XVIII, XIX e início do século XX, bem como para o período clássico moderno. Com a aprovação da ETA e várias opções de processamento, eles possuem todas as qualidades necessárias de um vidro moderno.

Vidro altamente adaptável para autênticos projetos históricos

Ondulação

O método de Fourcault produz um distinto efeito "ondulado" no vidro, uma característica que os projetos de restauração frequentemente desejam reproduzir. Graças à opção do GOETHEGLAS, TIKANA® e de diversas variantes do RESTOVER®, esse efeito pode ser reduzido ou acentuado de acordo com a preferência do cliente.

Sem reflexos grosseiros

Graças às suas superfícies "onduladas", os vidros para restauração SCHOTT são ideais para a restauração de janelas e portas em construções e monumentos históricos. Embora o nível de reflexo seja o mesmo do vidro moderno produzido pelo método float, as ondas reduzem o reflexo desagradável.

Com aprovação da ETA

Como o vidro para restauração SCHOTT é produzido pelo processo de Fourcault, ele não é coberto pelas normas europeias comuns sobre vidros, portanto, não está sujeito à regulação automática. No entanto, com a ETA, nossos produtos receberam a confirmação de que atendem às normas EN 12150-2, EN 14179-2, EN 14449 e EN 1279-5.

Com um pé no passado e outro no presente

Os vidros para restauração SCHOTT podem ser laminados para permitir flutuações de espessura, fabricados como vidros isolantes ou resistentes ao fogo com até 10 mm de espessura e também equipados com recursos de segurança do século XXI. A adição de camadas de proteção solar ou filmes que filtram os raios UV ou IV também podem atender a diferentes requisitos de luz.

Dimensões

GOETHEGLAS

Dimensões do GOETHEGLAS
Dimensões máx.* 2.100 x 1.500 mm
Espessura padrão* 4,5 mm
Taxa de transmissão de luz: > 90%

* Outras dimensões e espessuras disponível mediante solicitação

 

RESTOVER®

Dimensões do RESTOVER®
RESTOVER® Light
Dimensões máx. 1.600 x 1.500 mm
Espessura padrão 2,75 mm
Taxa de transmissão de luz > 90%
RESTOVER®
Dimensões máx. 1.600 x 1.500 mm
Espessura padrão 2,0 mm, 2,75 mm
Taxa de transmissão de luz > 90%
RESTOVER® plus
Dimensões máx. 1.600 x 1.500 mm
Espessura padrão 2,95 mm
Taxa de transmissão de luz > 90%

 

TIKANA®

Dimensões do TIKANA®
Dimensões padrão* 2.400 x 1.500 mm
Espessura padrão* 4,0 mm
Dimensão máx. em
uma espessura de 6 mm
2.900 x 1.500 mm
Taxa de transmissão de luz > 90%

* Outras dimensões e espessuras disponível mediante solicitação

ETA

O vidro produzido pelo processo especial de estiramento de Fourcault da SCHOTT não é coberto pelas normas usuais para vidros. Portanto, os produtos que usam esse processo também não estão sujeitos à regulação automática. A ETA (European Technical Assessment) agora confirma que o vidro SCHOTT Fourcault atende aos requisitos das normas EN 12150-2, EN 14179-2, EN 14449 e EN 1279-5.

A ETA representa um certificado de desempenho independente válido em toda a Europa para o vidro SCHOTT Fourcault, tanto como um vidro básico quanto como um produto processado (vidro de segurança temperado, vidro de segurança laminado, vidro laminado e unidades de vidro isolante). Testes extensivos de materiais em um instituto de testes credenciado confirmam as propriedades do produto certificado.

ETA 

 

ETA ou abZ?

Como parte da harmonização europeia, a habitual abZ (a aprovação técnica nacional da Alemanha) é usada apenas em nível nacional quando não há especificações europeias harmonizadas disponíveis. A ETA (European Technical Assessment) substitui o abZ no caso dos estados membros da União Europeia.

O ponto de contato para ambas as certificações é o Deutsches Institut für Bautechnik (DIBt – Instituto Alemão para Tecnologias da Construção). 

 

Benefícios para o cliente

Os clientes têm a certeza de que o vidro SCHOTT Fourcault pode ser processado em produtos de construção padrão, tais como vidro de segurança temperado, vidro de segurança laminado, vidro laminado e unidades de vidro isolante, de acordo com as normas, podendo também ser designado como tal.

Isso significa o fim dos demorados documentos e procedimentos de aprovação, e as opções de processamento podem ser claramente comunicadas aos clientes através de uma terminologia familiar.

Processo de produção

Os vidros para restauração SCHOTT são produzidos pelo processo de Fourcault. Nesse processo, o vidro fundido é estirado através de um bico de Fourcault, que produz a aparência distinta do vidro estirado à máquina, com uma certa tolerância de espessura e uma superfície ondulada.

Gráfico do processo de Fourcault 

 

O processo de Fourcault envolve seis etapas diferentes: 

  1. Preparação do lote
  2. Preenchimento do lote
  3. Fundição do vidro
  4. Processo de up-draw
  5. Resfriamento
  6. Corte de bordas

Perguntas frequentes

Introdução geral

1. O que são vidros para restauração e como eles se comparam ao vidro normal para janelas?

Os vidros para restauração SCHOTT são projetados especificamente para oferecer soluções precisas em vidraças para monumentos históricos, de acordo com sua data de origem. Eles oferecem as características de superfície típicas de diferentes eras históricas que podem ser integradas aos requisitos modernos para vidros de segurança insulados e laminados.
Comparado ao vidro normal para janelas, o vidro para restauração SCHOTT oferece tecnologia de ponta em um design historicamente correto.

2. Qual a cor dos vidros para restauração SCHOTT?

Os vidros para restauração SCHOTT são incolores e têm um baixo teor de óxido de ferro. Portanto, eles têm uma pureza muito alta e não apresentam o "tom esverdeado" normalmente encontrado no vidro convencional produzido pelo método float. O vidro para restauração SCHOTT tem uma alta transmissão de luz visível, tornando-o ideal para construções envidraçadas onde é importante que haja condições internas naturalmente claras.

3. Quais as diferenças entre os diferentes vidros para restauração SCHOTT?

O vidro para restauração SCHOTT tem a resistência à tração típica do processo de fabricação. Além disso, dependendo do produto, eles são mais ou menos distorcidos.

  • RESTOVER® light: superfície ligeiramente irregular
  • RESTOVER®: superfície irregular, ondulada e expressiva
  • RESTOVER® plus: superfície fortemente estruturada com ondulação distinta
  • GOETHEGLAS: irregular e com muita personalidade
  • TIKANA®: listras com um efeito levemente rasgado

A SCHOTT recomenda uma amostra de vidro de pelo menos 500 mm x 500 mm para escolher corretamente o vidro. Avalie as características óticas no reflexo (vista externa) e na transmissão (vista interna).

4. Como são fabricados os vidros para restauração SCHOTT?

Os vidros para restauração SCHOTT são fabricados usando o tradicional processo de Fourcault. O vidro é estirado verticalmente para cima a partir do líquido fundido através de um bico por meio de uma haste de estiragem. Na extremidade da haste de estiragem, o vidro é cortado no tamanho de uma placa.
Determinadas variações nas estruturas de superfície também são possíveis e permitidas dentro de um produto/placa.

5. O que significa resistência à tração?

Ao puxar verticalmente a massa de vidro pelo bico, o vidro fica distorcido paralelamente à direção da estiragem. Ao olhar através do vidro, essa distorção é mais perceptível se ele for instalado verticalmente, em vez de horizontalmente. Aqui a amostragem também é recomendada.

6. Os vidros para restauração SCHOTT apresentam bolhas, nós, pedras ou artefatos similares?

Essas características do vidro são possíveis devido às condições de fundição e são permitidas dentro de determinadas especificações. No entanto, elas não formam protuberâncias na superfície do vidro.

7. Quais são as dimensões máximas?

O vidro para restauração SCHOTT pode ser fabricado em um comprimento de até 2.900 mm e, portanto, é ideal para muitas construções do período do renascimento gótico, da era vitoriana, era eduardiana  até da arquitetura art déco e pós-moderna.

 

Processamento

1. O que deve ser considerado no corte dos vidros?

O vidro estirado à máquina apresenta maior tensão de resfriamento residual e maior distorção do que o vidro produzido pelo método float devido ao processo de fabricação. O corte, portanto, deve ser executado com um corte de expansão, observando determinados ângulos do disco de corte e determinadas pressões.

2. É possível realizar a têmpera térmica?

Os vidros para restauração SCHOTT podem ser temperados termicamente. Nosso departamento de tecnologias de aplicação terá o maior prazer em ajudá-lo com suas perguntas. Clique aqui para abrir nosso formulário de contato.

3. É possível produzir vidro laminado?

É possível realizar o processamento para produzir vidro laminado usando filmes PVB convencionais. Um filme mais espesso é necessário para compensar as variações de espessura. Se um painel de suporte feito de vidro float for usado, a impressão ótica do vidro para restauração diminuirá quando alguém olhar por dele. Recomendamos a amostragem. Se filmes especiais de filtro UV ou IV forem usados para laminação, o vidro para restauração SCHOTT é a escolha ideal para as vidraças de museus ou monumentos sagrados com requisitos de maior iluminação relacionados à proteção de monumentos. As chapas de isolamento acústico contribuem para a redução da poluição sonora em edifícios.

4. O vidro para restauração pode ser usado em vidros isolantes?

O vidro isolante pode ser produzido com vidro para restauração. Como regra geral, o painel externo do vidro isolante é concebido como um vidro para restauração, e o painel interno é de vidro branco ou de vidro float contendo, se necessário, um revestimento de isolamento térmico. O vidro para restauração selecionado também pode ser fornecido com camadas de proteção contra a luz solar direta para aumentar o isolamento térmico no verão. Se espaçadores de 4 mm de largura forem usados no vidro isolante, é possível fabricar um vidro com espessura total de aprox. 10 mm.

5. Existem especificações e aprovações estruturais para o vidro para restauração SCHOTT?

As propriedades físicas, químicas e técnicas de todos os vidros para restauração SCHOTT estão descritas nas especificações. Além disso, todos os vidros para restauração SCHOTT têm a provação ETA-12/0159 do Instituto Alemão de Tecnologia de Construção, ou seja, dependendo da espessura do vidro, ele pode ser facilmente processado para se transformar em produtos de construção padrão, como ESG, vidros laminados de segurança e vidros isolantes, para serem colocados no mercado sem burocracia.


Quer saber mais? Vamos conversar

Caso precise de mais informações, amostras, um orçamento ou conselhos para um projeto, teremos o maior prazer em falar com você.

Contate-nos
Man in glasses in business office on phone while working on laptop_605x350.jpg