CoralPor®

Em um microscópio eletrônico de varredura, os vidros porosos CoralPor® se assemelham à estrutura de esqueletos de coral, daí o nome. Sob alta ampliação, são revelados inúmeros poros e canais. Em comparação com outros materiais porosos, as principais vantagens dos vidros porosos são encontradas em sua alta resistência química, térmica e mecânica, que lhes conferem uma estrutura extremamente rígida e não comprimível. A SCHOTT oferece vidros nanoporosos e macroporosos com propriedades, processos de produção e aplicações fundamentalmente diferentes. O que ambos têm em comum é uma porosidade aberta, criada por meio de um tratamento térmico e químico rigorosamente controlado.

Características técnicas essenciais dos vidros porosos

Duravelmente robusto

A natureza inorgânica do vidro oferece vidros porosos com alta resistência mecânica, térmica e química, tornando-os uma opção mais robusta em comparação a soluções de polímeros inorgânicos.

Controle rigoroso da porosidade

A estrutura pode ser modelada sobre uma escala ampla para ter um tamanho, volume e distribuição definidos do tamanho/diâmetro dos poros.

Várias geometrias e formatos

Os vidros CoralPor® Nanoporosos são oferecidos como pós ou peças monolíticas maiores em formatos de bastão, placa e tubo. Os vidros CoralPor® Macroporosos estão disponíveis como granulados e peças monolíticas.

Material adaptável

Além da porosidade e do formato, outros parâmetros dos vidros macroporosos que podem ser influenciados através dos processos de fabricação e revestimento incluem a composição do vidro, densidade, índice de refração, CTE e cor.

Nano ou Macroporoso?

A SCHOTT oferece dois materiais porosos para a faixa de porosidade nanométrica e micrométrica, tendo o tamanho de poro certo para cada finalidade. Exemplos de aplicação típicos para diferentes faixas de tamanho de poro são mostrados no gráfico abaixo.

Gráfico mostrando exemplos típicos de aplicação das diferentes faixas de tamanho de poro dos vidros porosos

Vidros CoralPor® Nanoporosos

Dados técnicos

Dados técnicos dos Vidros CoralPor® Nanoporosos Monolitos CoralPor® Nanoporosos Pó CoralPor® Nanoporoso
Formato Bastões, discos, placas
Diâmetro médio do poro 4 – 10 nm  4 – 400 nm
Área de superfície específica 100 – 170 m2/g  7 – 130 m2/g
Volume de poro específico 0,2 – 0,3 cm3/g 0,4 – 2 cm3/g
 

 

Distribuição típica do tamanho dos poros

Gráfico mostrando a distribuição típica do tamanho dos poros dos monolitos feitos com o vidro CoralPor® Nanoporoso

Gráfico mostrando a distribuição típica do tamanho dos poros do pó do vidro CoralPor® Nanoporoso

 

Processo de produção dos vidros nanoporosos 

Ilustração mostrando o processo de produção dos vidros nanoporosos

 

 

 

Vidros CoralPor® Macroporosos

Dados técnicos

Dados técnicos dos Vidros CoralPor® Macroporosos Monolitos CoralPor® Macroporosos  Granulado CoralPor® Macroporoso
Formato Bastões, discos, placas Granulado
Diâmetro médio do poro normalmente 1-500 μm normalmente 1-300 μm
Distribuição do diâmetro do poro Depende da solicitação do cliente Depende da solicitação do cliente
Porosidade em volume % 10 – 80 % 10 – 80 %

Quer saber mais? Vamos conversar

Caso precise de mais informações, amostras, um orçamento ou conselhos para um projeto, teremos o maior prazer em falar com você.

Contate-nos
Julia Ettingshausen

Gerente de vendas